Uma Igreja de Discípulos e Discípulas

“Indo, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo”. Mateus 28:19

Desde o Concílio Geral de 2001 em Maringá – Paraná que a Igreja Metodista definiu o discipulado como uma de suas ênfases. Nesses dezesseis anos avançamos muito, mas ainda temos muitos desafios a vencer para sermos uma igreja em discipulado como enfatizou o Bispo Adonias Pereira do Lago no último Concílio Geral.

Já definimos que para os metodistas o discipulado é um estilo de vida, um método de pastoreio e uma estratégia para cumprir a missão. Também já definimos que o discipulado Metodista pressupõe o levar da salvação as multidões aflitas e desgarradas por não terem pastor, e ensino que leve os convertidos e convertidas a uma vida de santidade e consagração e de serviço ao próximo.

O modelo Metodista também pressupõe encontros que motivam ao discipulado; a organização em pequenos grupos que geram salvação, ensino, cuidado e comunhão; e uma estrutura para formar líderes para os grupos de discipulado.

Aqui na 7ª Região da Igreja Metodista temos o alvo de chegar a um milhão de discípulos e discípulas. Nossa meta é uma igreja em cada bairro ou cidade; um grupo de discipulado em cada rua; o evangelho para cada pessoa. Isso até 2021. Como fazer isso?

Esse é o nosso desafio, tornar real e prático a ordem de Jesus de fazer discípulos e discípulas. Como igreja, muitas vezes, nos distraímos fazendo muitas coisas que não contribuem para esse fim e, pior, nos acostumamos a ser uma igreja de eventos agradáveis, mas sem propósito.

Precisamos reavaliar se nossas atividades e recursos tem focado a fazer discípulos e discípulas, e nos reestruturarmos para cumprir essa ordem.

Se fizermos isso Deus nos dará poder para testemunharmos, nos dará também oportunidade para isso, porá a palavra em nossa boca, nos dará autoridade, visão, estratégias, crescimento e frutos
Concentremo-nos em fazer o que Jesus mandou, e que ele nos abençoe.

Bispo Emanuel Siqueira
Bispo Presidente da 7ª Região Eclesiástica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *